Resumão da Viagem a Curitiba – Morretes – Paraná – Outubro~2018

Estava eu tranquila uns dias atrás quando um francês me envia um e-mail e combinando para passar um breve delicioso momento em sua tão logo cidade morada, Curitiba. Fiz as malas e desci para Sul, do ladinho de SP na sexta para encontrá-lo num hotel no centro da cidade. Ele me aguardava no saguão do hotel de rosto rosado e bem simpático, pegou as malas e me levou até a suíte 505, gostei do número. Na cama havia presentes de muito bom gosto e antes mesmo de abrir, faminta estava e faminta deliciei com um boquete de início. Logo depois fui tomar um banho e em seguida jantamos comida japonesa e descansamos lado a lado. Antes de nos levantarmos, namoramos uma vez, um matinal bem gostoso lembro o quanto me excitei nesta transa, demos assim inicio ao nosso delicioso dia. Então fomos até a ferroviária de Curitiba e pegamos um trem até a Cidade de Morretes – PR, o camarote só nosso, Onça Pintada. A viagem é magnífica, belas paisagens, verde de vários tons e uma beleza pura de preencher a nossas vistas, descemos a Serra do Mar. Na viagem tivemos um breve momento de intimidade, eu debaixo da mesa, isso foi muito excitante. Logo após 4 horinhas estávamos em Morretes, cidade de ar muito agradável logo encontramos a pousadinha Casa da Estação lugarzinho supimpa com 8.000 metros quadrados só de vegetação, verde, uma lindeza… minhas anteninhas já imaginaram uma sacanagem… mais enfim… chegamos, fomos conhecer a cidade. Estava rolando Nhundiaquara Festival Jazz foi um bom dia pois o clima estava super agradável, noite bacana, ouvindo músicos espetaculares e melodias tão íntimas. A companhia foi muito boa, nos deliciamos com o barreado e a pinga de banana e as bananas desta cidadezinha… logo depois de uma noite de música, festival, sexo, jazz voltamos no outro dia após o almoço, subimos a serra de ônibus e lá uma mão boba rolou, como dois adolescentes. Quando chegamos de Curitiba, no hotel nos despedimos e nesta segunda de manhã retornei. Viagem deliciosa, gostei da vista, do ar, das delícias e de tudo que vivi com ele o Francês Cbw, tudo que vivemos foi especial. NOTA: 9

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: